O que é o Nacionalismo Orgânico?

Átomos

Sabemos que na natureza os átomos se agrupam para formar moléculas e as moléculas se acoplam para formar algo novo e maior, assim, como uma lei universal, a matéria se organiza do menor e mais simples para algo maior e mais complexo. Seguindo essa lógica, os organismos vivos são formados por partes que interagem entre si afim de proporcionar o benefício do todo, são sistemas que interatuam para propiciar um equilíbrio dinâmico que dará base a sua manutenção, desenvolvimento e perpetuação. O objetivo em comum gera afinidade, para que, unidos, se tornem um só corpo.

A concepção política Organicista entende o nacionalismo essencialmente como uma condição natural e necessária do comportamento humano, é uma etapa do amadurecimento individual que se inicia com o amor próprio e se expande, em última etapa, a toda a humanidade. Dessa forma, para o homem, a idéia do nacionalismo se aplica como fundamento para o desenvolvimento social; indivíduo, família, comunidade, sociedade, nação e humanidade.

O passado inspira, o futuro motiva, o presente transpira:

O nacionalismo nasce no indivíduo através do amor próprio, da autoaceitação e do orgulho de si mesmo. É descobrindo sua própria identidade que as pessoas conseguem se identificar com os outros, pois vêem nos outros a si mesmos, para isso se faz necessário o conhecimento do passado, dos momentos difíceis, de esforços, de sacrifícios e abnegações que os antepassados viveram para chegarmos onde estamos e para sermos o que somos. Um passado heróico de grandes homens e mulheres que lutaram por justiça é o que nos dá inspiração e altivez para viver e lutar por uma sociedade mais justa e melhor. Com a compreensão do passado se tem a convicção de quem se é no presente, dando base para se viver como protagonista e responsável pela construção do país. O que se vive hoje será lembrado por nossos descendentes no futuro, cabe a nós construirmos o presente e sonharmos com um futuro melhor para nossos filhos e netos.

O nacionalismo é o comprometimento com os Ideais Coletivos:

Quando se valoriza a cultura, os costumes, a história e a tradição de um povo, gera-se respeito pelo passado, compromisso com o presente e esperança no futuro. Sem o sentimento do nacionalismo as pessoas se tornam mais individualistas, mais egoístas, mais fechadas em si mesmas. Com o nacionalismo as pessoas tendem a sobrepor os interesses coletivos sobre o interesse individual ou de grupos, porque conseguem se enxergar como uma unidade, onde o que é bom para a sociedade é bom para o indivíduo. As pessoas se tornam mais unidas, o sentimento de pertencimento gera um laço, um vínculo social.

A Aliança Nacional tem o objetivo de resgatar os valores do nacionalismo para que consigamos, em um futuro próximo, superar toda a politicagem e corrupção que afunda nosso Brasil no caos.

Não acreditamos na evolução social através da luta de classes, nós acreditamos na união das classes, cada uma com a sua vocação e com a possibilidade de desenvolver-se plenamente através do trabalho e do empreendedorismo.

Faça parte de nosso movimento!

Pré-filiação clique aqui.

Texto de Wilson Santos (Chefe Nacional adjunto).

1 comentário Adicione o seu

  1. Celso Trepichio junior disse:

    Fantástico . Amar nosso país e tentar melhorar ele é não valorizar somente outros países. Uma nação é formada e transformada pelos ideais de seus indivíduos . Junto somos melhores ✌🏼🔝💪🏼💪🏼💪🏼

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s